Previna-se

  • Vasos de plantas ou de flores na água
    • Colocar a planta em vaso com terra.
    • Em caso de flores na água, trocar a água duas vezes por semana
  • Piscina
    • Efetuar o tratamento adequado observando a correta dosagem de cloro.
  • Vaso sanitário sem uso
    • Manter sempre tampado
    • Vedar com saco plástico, aderido ao vaso c/ fita adesiva.
    • Em ambos os casos, acionar a válvula de descarga 2 vezes por semana.
  • Caixa de descarga sem tampa e sem uso diário
    • Tampar com filme de polietileno
    • Vedar com saco plástico, aderido à caixa com fita adesiva.
    • Em ambos os casos, acionar a descarga 2 vezes por semana
  • Ralo de pia, lavatório e tanque sem uso frequente
    • Tampar com tampa apropriada
    • Utilizar tela.
  • Piscina infantil
    • Em períodos de uso: escovar e trocar a água, pelo menos semanalmente.
    • Em períodos sem uso: escovar, desmontar e guardar em local coberto.
  • Plástico ou lona para cobrir equipamentos, peças e outros materiais
    • Cortar o excesso de modo a permitir que o plástico ou a lona fique rente aos materiais cobertos, evitando sobras no solo/piso.
    • Sempre que houver pontos de acúmulo de água, retirar o plástico ou lona e refazer a cobertura.
  • Bandejas de alguns modelos de geladeira e de aparelhos de ar condicionado
    • Escovar a bandeja da geladeira 2 vezes por semana.
    • Verificar o gabinete inferior traseiro de alguns modelos que acumulam água
    • Escovar o gabinete 2 vezes por semana.
    • Colocar mangueira ou furar a bandeja do aparelho de ar condicionado.
  • Pratos sob vasos de plantas ou de flores
    • Eliminar os pratos é a forma ideal de evitar o criadouro
    • Utilizar pratos justapostos: sem espaço entre vaso e o prato
    • Eliminar a água acumulada nos pratos depois de regar as plantas
    • Escovar a parede interna dos pratos e das paredes externas dos vasos
    • Adicionar areia grossa até a borda dos pratos.
  • Pneus
    • Retirar do imóvel
    • Entregar em pontos de coleta de pneus do Departamento de Limpeza Urbana
    • Guardar secos em local coberto.
    • Abrir orifícios com pelo menos 1cm de diâmetro, em 6 pontos equidistantes, mantendo-os na posição vertical.
    • Quando utilizados para balanço, é suficiente um único orifício no seu nível mais baixo.
  • Ralo de esgoto sifonado sem uso diário
    • Nas áreas internas, utilizar ralo com tampa “abre-fecha” na posição “fechada”.
    • Nas áreas externas, telar ou tampar com algum objeto.
    • Em ambos os casos, adicionar desinfetante semanalmente: 1/3 de copo de água sanitária, ou sabão em pó ou detergente.
  • Móveis, peças, equipamentos, e outros materiais inservíveis
    • Não deixar exposto ao ar livre, nem com acúmulo de água.
    • Se for cobri-los provisoriamente, adotar os procedimentos acima.
    • Ao enviar para outro Departamento ou Setor, organizar a transferência com o local de destino.
  • Caixa d'água
    • Manter sempre tampada ou telada
    • Realizar limpeza periódica de acordo com as orientações da SANASA.
  • Lajes
    • Manter sempre limpas, com os pontos de saída de água desentupidos, e sem depressões que permitam acúmulo de água. Atenção para a limpeza periódica principalmente após poda de árvores.
  • Bromélia
    • Substituir por outro tipo de planta que não acumule água
    • Enquanto essa providência não for adotada, regar com mangueira sob pressão, duas vezes por semana.
  • Calhas
    • Manter sempre limpas, desentupidas e sem pontos de acúmulo de água.
    • Manter nivelamento adequado.